O descaminho não é o caminho.

image_pdfimage_print

Texto: Pv. 4:18 – Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito.

INÍCIO: Você sabia que existe um crime no Código Penal Brasileiro que se chama DESCAMINHO? Sim existe, e os nossos Advogados aqui presentes podem confirmar isso para você, mesmo que não sejam especialistas na área tributária. Até um tempo atrás era considerado no mesmo nível do crime de Contrabando, porém houve uma separação deste crime, uma vez que o contrabando é caracterizado, quando a pessoa trás ou envia para fora do país mercadorias proibidas, com o objetivo de obter alguma vantagem com isso, e que imputa uma pena de 2 a 5 anos de  prisão, em quanto que o Descaminho, prevê uma pena de 01 a 04 anos de prisão. De qualquer maneira há a previsão de prisão, então o “Crime não compensa”. Quem pratica o crime de descaminho? Qualquer pessoa pode praticar o crime de descaminho, desde que compre, venda, armazene ou transporte (em proveito próprio ou alheio) mercadoria estrangeira com a intenção de não pagar o imposto devido, visando o lucro com tal atitude

O que caracteriza o descaminho? No descaminho, o crime é relacionado ao (não) pagamento do imposto devido, como podemos observar: “Iludir, no todo ou em parte, o pagamento de direito ou imposto devido pela entrada, pela saída ou pelo consumo de mercadoria”, perceba que nada tem a ver com a mercadoria ser proibida.

Quais os fatores que influenciam o contrabando e o descaminho? Nada justifica os crimes de contrabando e descaminho, mas entre os vários fatores que motivam a sua prática, destacam-se: a extensão territorial brasileira que faz divisas com vários países, alta carga tributária; burocracia no desembaraço aduaneiro; facilidade de compra pela Internet; corrupção; e a impunidade.

O Descaminho espiritual: Existe também em nossa caminhada com Cristo um crime chamado “Descaminho”, que infelizmente tem feito com que muitos crentes sigam por esse caminho. Jesus nos disse que “Ele era o caminho, a verdade e a vida” e que ninguém poderia ir a presença do Pai a não ser por Ele, tá lá em Jo. 14:6, então hoje há uma crise de identidade em muitos que estão participando da Igreja de Jesus, mas que não tem compromisso com Ele, daí o motivo do Descaminho(sair do caminho). Neste texto do capítulo 14 de João, Jesus dá orientações tremendas aos seus discípulos.

1-NÃO se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim.

10 – Não crês tu que eu estou no Pai, e que o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo não as digo de mim mesmo, mas o Pai, que está em mim, é quem faz as obras.

12 – Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas, porque eu vou para meu Pai.

13 – E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho.

15- Se me amais, guardai os meus mandamentos.

Temos muitas outras orientações de Jesus neste texto, mas vamos ficarmos com apenas estas, e isso Ele falou e foi registrado nos evangelhos para que o “Descaminho” nem passasse pelas nossas mentes, mas como vemos isso já estava contaminando a vida de alguns discípulos até mesmo, antes de Ele ter sido crucificado. O Descaminho se caracteriza por um desvio de conduta perante a Lei, assim também o Descaminho acontece no plano espiritual por um desvio de conduta.

-Quando a Palavra de Deus deixa de “Ser Lâmpada para os nossos pés e luz para o nosso caminho”SL.119:105. Ela é a nossa Lei, o nosso código de conduta e Fé.

-Quando não ouvimos mais a voz de Deus(Jo. 10:27 – As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem);

Quando estamos cansados e sobrecarregadose não entregamos tudo a Ele(Mt. 11:28-30- Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.29 – Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas.30 – Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve).

Quando queremos fazer a nossa vontade(Pv.14:12- Há um caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele são os caminhos da morte). Quando a vontade do homem prevalece, o Descaminho bate a nossa porta.

Conclusão: Há uma vontade que é Boa, perfeita e agradável, que é o caminho certo para a nossa vida, e Ele é conduzido pelo Espírito Santo de Deus que testifica no nosso espírito, mais quando resolvemos trilhar o caminho da nossa alma e carne, entramos no “Descaminho”. Porém o descaminho trás sérias consequências para as nossas vidas, assim aconteceu com Adão e Eva, assim aconteceu com o povo de Israel no deserto, assim aconteceu com Ló em Sodoma e Gomorra, assim aconteceu com Davi que mandou matar Urias, Assim aconteceu com Tiago e João(Mc.10:35- E aproximaram-se dele Tiago e João, filhos de Zebedeu, dizendo: Mestre, queremos que nos faças o que te pedirmos), e tantos outros que um dia, quando talvez tinham faltado a oração, ao Culto, ao grude da semana, Satanás estava os esperando e lançou dardos inflamados em sua mente e alguns não perseveraram e caíram, porque não entenderam que existem somente um caminho que nos leva a presença do Pai e a Vida Eterna que nos está preparada desde a fundação do mundo. Por qual caminho você vai trilhar? Amém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *